sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Postado por Rafaela Baracat às 4:04:00 PM 0 .

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Postado por Rafaela Baracat às 10:03:00 PM 0 .

Nunca despreze quem te ama.

Postado por Rafaela Baracat às 9:23:00 PM 0 .
Havia uma garota cega que se odiava pelo fato de ser cega. Ela também odiava a todos exceto seu namorado. Um dia ela disse que se pudesse ver o mundo, ela se casaria com seu namorado. Em um dia de sorte, alguém doou um par de olhos para ela. Então o seu namorado perguntou para ela: ''-Agora que você pode ver, você se casa comigo?''
A garota estava chocada quando ela viu que seu namorado era cego!
Ela disse: ''-Eu sinto muito, mas não posso me casar com você porque você é cego!''
O namorado afastando-se dela em lágrimas disse: ''-Por favor, apenas cuide bem dos meus olhos, eles eram muito importantes pra mim.''

Não posso ver, mas posso sentir.

Postado por Rafaela Baracat às 4:55:00 PM 0 .

2011

Postado por Rafaela Baracat às 3:00:00 PM 0 .


Não faça de 2011 um ano só de promessas. Faça de 2011 o ano de suas realizações.
Feliz Ano Novo.

sábado, 25 de dezembro de 2010

O lado bom e o lado ruim.

Postado por Rafaela Baracat às 8:13:00 PM 0 .

sábado, 11 de dezembro de 2010

99 balões.

Postado por Rafaela Baracat às 10:30:00 PM 0 .
99 Balloons

Então a vida me sorriu.

Postado por Rafaela Baracat às 8:21:00 PM 0 .
Ainda me lembro do seu sorriso, da sua voz, e do seu jeito de me olhar
Como eu queria isso de novo, ao menos poder te abraçar.
O que eu sinto, não são palavras que vão explicar.
As atitudes podem às vezes até falhar, mas vou fazer o possível pra te mostrar o que eu sinto.
Quando acordo é você o meu primeiro pensamento, e no resto do dia penso em você a todo o momento.
Mesmo estando longe, sinto você aqui.
Quando pude sentir o seu abraço, foi que eu percebi... Adeus solidão, e então a vida me sorri.
[Rafaela Baracat]


quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

O problema de te amar.

Postado por Rafaela Baracat às 6:54:00 PM 0 .

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Eu.

Postado por Rafaela Baracat às 4:49:00 PM 0 .

domingo, 5 de dezembro de 2010

Sinto sua falta.

Postado por Rafaela Baracat às 1:11:00 AM 0 .

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Postado por Rafaela Baracat às 12:15:00 AM 0 .


Far from home you find me
Amidst the lost and dying
Nothing's fair in love and war
Worlds apart in desperation
Please erase this separation
Only you are worth fighting for
There's love in every letter written
A hope that gets me through the day
Forever is never too long to wait
Some day soon we'll be together
Where a moment lasts forever
And our love shines brighter than the stars
Until then I will remember
Every word and every letter
The promises you've written on my heart
I see the darkness blinding
And all that's left are my dreams
To save me from the night
Your words of hope remind me
Somewhere the sun is shining
Don't give up the fight
Letters (Stellar Kart) 

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Postado por Rafaela Baracat às 10:41:00 PM 1 .

So far away from where you are
These miles have torn us worlds apart
And I miss you, yeah I miss you
So far away from where you are
I'm standing underneath the stars
And I wish you were here
I miss the years that were erased
I miss the way the sunshine would light up your face
I miss all the little things
I never thought that they'd mean everything to me
Yeah I miss you
And I wish you were here
I feel the beating of your heart
I see the shadows of your face
Just know that wherever you are
Yeah, I miss you
And I wish you were here.


From Where You Are (Lifehouse) 

domingo, 24 de outubro de 2010

Amor...

Postado por Rafaela Baracat às 11:38:00 PM 4 .

Amor...
Eu posso ver em cada detalhe do que você faz por mim.
Amor...
Eu posso ver no seu sorriso quando me vê e fica feliz. O seu sorriso bobo, não tão bobo quanto o meu, que nem disfarça quando te vê.
Amor...
Eu posso ouvir na sua voz preocupada quando me liga pra saber como estou.
Amor...
Eu posso sentir quando me abraça e diz que tudo vai ficar bem.
Amor...
Eu posso escutar quando canta aquela música que fez pra mim.
Amor...
Eu posso decifrar quando me olha, e seu olhar me diz o que sente.
Amor...
Eu posso viajar. Viajar sem sair do lugar. Ver estrelas ou ir até a lua. Com você por perto o que está longe fica próximo.
Amor... Amar...
Você e eu!
Porque enquanto você existir eu vou saber o que amar e amor significam. E se algum dia você tiver que partir, nesse dia eu paro de viver, paro de sorrir, e paro de escrever. Pois nesse dia eu perco a razão de dizer o que eu sinto pra pessoa que mais me fez saber o que é realmente amar...

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Para alguém especial.

Postado por Rafaela Baracat às 11:52:00 PM 7 .
Hoje eu quero escrever para uma pessoa que não vai ler, nem ficar sabendo que um dia isso foi escrito pra ele. Eu quero falar algo diferente, algo que eu nunca falei antes sobre alguém que eu nunca esqueci. 

“Bruno, esse é o mês do seu aniversário, você vai fazer 20 anos, e talvez não tenha noção do que é isso, de que você se tornou um homem. Dia 24 você completa a idade que sempre sonhou, depois dos 18 anos, claro. Os 18 anos que infelizmente você também não entendeu quando chegou.
Há 2 anos atrás, em fevereiro de 2008 você me apareceu. Era o primeiro amigo virtual que eu estava tendo. Você chegou de mansinho, e com pouco tempo conquistou a minha amizade. Eu lembro até hoje como era.  Nós tínhamos tanta coisa em comum. Sonhos, vontades, religião, as bandas favoritas eram iguais, a mesma fé, a mesma visão. Você não era um amigo qualquer. Só você ligava a webcam e ficava me mostrando seu pé. Lembro até hoje de nós dois dançando ‘Love is a beautiful thing’ na cam, era a maior loucura, e nós dois nos divertíamos tanto. Você ia pro litoral no final de semana e eu sentia tanto sua falta, quando você voltava era a maior alegria. Parecia que os 2 dias sem conversarmos eram 2 semanas. Eu sempre te indicava bandas legais, e você me passava músicas emo, tipo ‘Relient-k’, Grey Skies Turn Blue era a sua favorita,  e eu nunca me esqueci disso. Assim como aquela: “não importam o que dizem de mim, pois eu sei, eu sei”. All Day do United. Você me chamava de Rafaelinha, eu te chamava de Bruninho. Você dizia que eu era caipira. Sempre fazíamos montagens em fotos um do outro, era nossa diversão. Você me ensinou que ficar com o status ‘ocupado’ no MSN permitia que os barulhinhos chatos do MSN e as janelas não irritassem. Eu chamava sua atenção e você nem ligava, até que me disse que o status ‘ocupado’ também não deixava a janela tremer. Até hoje eu deixo o status assim, como Ocupado, e isso porque um dia você me ensinou. Um dia descobrimos que poderíamos nos conhecer pessoalmente, pois sua avó mora na cidade ao lado da minha. Tínhamos tantos planos bobos pra quando nos víssemos.
6 meses se passaram... Julho chegou, e as férias também. Fui para São Paulo, pra perto de onde você mora. Você ficou feliz, lembra? É, eu também fiquei. Falei com você pela última vez dia 22 de julho. Você me perguntou se eu já estava na capital, eu disse que sim, e então você saiu do MSN.
Voltei para ADT e você sumiu! 15 dias sem entrar na net, sem me ligar ou dar sinal de vida. A falta que eu sentia de você não tinha explicação. Você não tem idéia de como era grande. Eu tinha criado outro Orkut, e tinha te mandado o convite. Até hoje o convite está lá.
Com mais de 1 mês sem você aparecer, e eu não sabia o que fazer, pedi à Deus pra me confortar. Afinal, eu estava sentindo algo estranho em relação à você. O que era pra ser conforto aconteceu de outro jeito. Eu fui dormir, mas não conseguia, bateu um desespero enorme. Eu chorava e pedia à Deus pra te trazer de volta, pra você viver de novo. Eu não entendi aquilo. Lembro que minha mãe ficou comigo no quarto naquela noite, e me deu um calmante pra eu conseguir dormir, mas aquela noite eu não dormi. Fui no seu Orkut e tinha vários recados do tipo ‘força, Bruno, você vai sair dessa!’. Nossa, pra meu desespero eu li todos os recados, pra tentar descobrir o que tinha acontecido com você.  A única maneira de realmente descobrir o que tinha acontecido era adicionar alguém do seu Orkut. Foi o que fiz. Sabia de uma mulher que você dizia ser sua segunda mãe. Perguntei a ela o que tinha acontecido com você, afinal, eram quase 2 meses sem você dar sinal. Ela me respondeu.
Bruno, você estava em coma todo esse tempo, e as chances de você sobreviver eram poucas, e se sobrevivesse nunca mais andaria, falaria, nem se lembraria de ninguém. Você caiu de skate, sofreu um traumatismo craniano que comprometeu sua vida. Durante 4 meses você ficou em coma. Adormecido enquanto sua família e amigos choravam por você. Eu aqui tão longe orava por você, pedia oração por você na igreja, você sempre estava presente nas minhas preces. Nada de você acordar. Até que um dia eu sonhei que você tinha saído do coma e tinha me mandado um recado no Orkut. Eu fiquei tão feliz nesse sonho, parecia tão real. Acordei e aquele sentimento de que aquilo tinha realmente acontecido era muito forte. Abri meu Orkut, e é, lá tinha um recado seu. Quatro meses depois. Foi dia 22 de Outubro de 2008.  Você tinha acordado, e se lembrado de mim. Seu pai me mandou o recado no Orkut dizendo isso.  A minha fé era tão grande! Eu não sabia o que responder e respondi sobre o sonho que eu havia tido. Seu pai me respondeu: “ Você está tão longe, mas eu sei que é amiga de verdade. Pois só os amigos verdadeiros e que Deus preparou para realmente ser amigo, sonha com o que você sonhou.”
Isso me trouxe esperança de volta!
Infelizmente, Bruno você nunca mais voltou. Sua vida ficou limitada. O traumatismo te deixou com muitas seqüelas, mas não as que te impedissem de andar, falar, lembrar das pessoas e fazer tantas outras coisas que fazia.
A minha dor era de ver aquele menino que amava surfar e andar de skate sentado em uma cadeira de rodas, e dependendo dos outros. Graças à Deus não foi assim por muito tempo. Você é um milagre segundo os médicos, e um exemplo pra mim. Tudo o que você é hoje é resultado do seu esforço, do que você fez pra voltar a andar, falar e fazer outras coisas. Coisas que aos olhos do homem eram impossíveis de acontecer, mas aos olhos de Deus não!
Faz 2 anos que espero você voltar, me chamar de caipira, dançar na webcam, contar seus sonhos. Ah, seus sonhos! Eu não me esqueço que você sonhava em ser médico. Eu me lembro de cada detalhe dos 6 meses da nossa amizade. Pouco tempo, né? Porém o suficiente pra eu nunca me esquecer de você.  E sabe o que me intriga mais? Esses 2 anos que se passaram e eu nunca me esqueci dessa amizade.
Ainda oro por você, te tenho no meu MSN, ouço a música que lembra nossas madrugadas na internet, o convite que te mandei do meu Orkut ainda está lá, lembro de tudo, de cada detalhe, lembro do milagre que você é!
Hoje você não deve se lembrar de mim, afinal, 2 anos se passaram, e com tudo isso que aconteceu acho difícil se lembrar. Mas eu sei que em algum lugar da sua memória eu ainda estou presente. Me lembro de TUDO, inclusive do quanto sua amizade foi importante pra mim. Eu te amo, meu amigo. Mesmo que você não se lembre de mim, pois eu nunca me esqueci de ti.”

Essa história é verídica. Meu amigo veio, mas de certa maneira também ‘se foi’. Com essa amizade eu aprendi que mesmo longe, amizade virtual pode ser amizade verdadeira. E que mesmo que nunca um abraço tenha sido dado, amizade virtual pode ser amizade real.

Dê valor pra cada pessoa, e para cada momento. Mesmo que longe grandes histórias podem ser construídas, e memórias jamais esquecidas.

Amigos de longe e amigos de perto... AMO VOCÊS!

Bruno, sempre vou te levar na memória. Pouco tempo como amigos, e apesar de triste, uma grande amizade. Te amo, e parabéns pelos seus sonhados 20 anos.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Só quero que você entenda.

Postado por Rafaela Baracat às 10:05:00 PM 3 .
Já fiz tantos rascunhos e tanta coisa eu escrevi sobre o que se passa dentro de mim. Palavras saíram feias, e frases ficaram estranhas, nada que me agradasse ao ponto de te mostrar com tamanha empolgação. Mas relendo o que já escrevi eu reparei que muitas frases saíram sem graça, e eu percebi que não importa o que saiu feio, ou o que saiu bonito, simples palavras disseram grandes coisas, expressam grandes sentimentos. Eu percebi que o 'expressar o que eu sinto' não é falar as palavras mais lindas do mundo, mas dizer em poucas palavras, aquelas palavras simples que a pessoa vai entender e vai sentir o que eu quero dizer. Um simples 'eu te amo', 'ah, como eu te quero bem', às vezes valem mais do que muitas palavras que não expressem o que passa dentro do meu coração. O que importa é que você entenda, e que eu consiga te fazer feliz com poucas palavras. 
Eu não canso de dizer o que eu sinto. Eu sei que às vezes sou repetitiva. E quem não é? Quem é que se cansa de frases e declarações de amor? Quem se cansa da alegria de ter alguém por perto? Quem?
O que me cansa é saber que você não está aqui, que talvez você nem venha a ler isso. Mas saber que você existe me dá ânimo para escrever quantas vezes for, quantas vezes tiver que ser, o quanto eu te amo, o quanto eu te quero bem.
Talvez agora você entenda. E se não entender agora, algum dia eu sei que as minhas palavras vão chegar até você, e você vai entender pelo menos um pouco do que eu sinto e do que eu tento tanto te dizer.
[Rafaela Baracat]

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Coisas que eu sonho viver com você.

Postado por Rafaela Baracat às 5:04:00 PM 3 .


Com um papel, uma caneta na mão e você na cabeça, talvez eu consiga escrever palavras bonitas. Ao menos alguma frase que possa tocar o seu coração. Inspiração e motivos para dizer o que eu sinto não me faltam, o que me faltam são as palavras certas pra você entender do que eu estou falando. Eu tento me distrair, mas tudo o que eu faço me lembra você. Eu coloco a cabeça no travesseiro, eu sonho com você. Ouço uma musica, lembro de você. Durmo e acordo com você no pensamento. Incrível, você fica o tempo todo presente dentro de mim, e isso não me cansa. Fico fantasiando tardes com você, passeios ao seu lado, presentes e bombons recheados. Bilhetes, cinema, ou mesmo deitados debaixo das estrelas. Você me mostrando as constelações. Eu vejo uma estrela cadente, faço um desejo, e você pega na minha mão. Seus abraços quando eu digo que minhas brincadeiras são pra te irritar. Seu celular tocando e meu ciúme aumentando. Uma noite de lua cheia, você me falando de lobo mau, e eu dizendo que estou com medo, esperando que você venha me acalmar dizendo que vai cuidar de mim, que vai me proteger. Uma musica que você compõe, ou só um “eu te amo” que me deixam sem palavras. Um beijo roubado, um presente inesperado. Um dia, ou só um sonho com você. Coisas que toda garota sonha. Coisas que eu sonho viver com você. 
(Rafaela Baracat)

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Enquanto eu te procurava você me encontrou.

Postado por Rafaela Baracat às 1:06:00 AM 2 .
Você apareceu e eu nunca imaginei o que aconteceria.
O meu coração hoje bate por quem antes não batia.
Eu te vi, e você me sorriu, aconteceu aquilo que eu temia. O primeiro olhar diferente então aconteceu.
O meu sorriso parecia tanto desejar o seu. Como qualquer história de amor  que vem com um começo feliz, a nossa começou.
Você me abraçava tudo em volta parava. Eu me distraía com suas brincadeiras que me faziam dar risada.
A sua voz tão doce me deixava boba. Então eu realmente percebi: você é tudo o que eu queria!
Quero ser a garota que você procura. Eu quero ser quem você sempre sonhou.
Não quero ser quem você brinca hoje e amanhã esquece. Quero ser quem você sempre buscou. Talvez todos os caminhos me levem a você. Talvez não faça tanto sentido eu te querer. Pode ser loucura, uma paixão, seja lá o que for, pode ser fissura, ou realmente ser amor. 
Eu sei que enquanto eu te procurava você me encontrou.
(Rafaela Baracat)

Não tenho certeza do que isso vai dar, mas tenho certeza que você é o que eu sempre quis!

Postado por Rafaela Baracat às 1:04:00 AM 3 .


Estava com uma imensa vontade de estar com você, sentindo o calor do seu abraço e o suor da sua mão. A saudade é tanta que me consome, me deixa perdida às vezes, com vontade de estar perto de você a todo instante. O que eu sinto aqui dentro não pode ser compreendido por qualquer coração, somente por aqueles que amam com a mesma intensidade que EU AMO VOCÊ!
Não dá pra entender, não dá pra explicar que apesar de toda essa distância o meu coração é cada dia mais apaixonado por você, te deseja loucamente, mais e mais. Cada vez que o sol nasce, é um pensamento de alegria, porque é mais um dia com você na minha vida, e quando a noite cai eu penso que dias melhores que aquele ainda virão para nós dois.
Foi no brilho dos teus olhos, e no calor do teu abraço que eu encontrei meu mais perfeito amor. E o dia que a minha vida perder a graça pode ter certeza que vai ser quando eu perder esse brilho maravilhoso e esse calor que me aquece a cada dia que vivemos juntos, e que mesmo de longe, pôde ser sentido!
Eu estou sobrevivendo à distância, eu estou crendo que o amor realmente supera a distância. O meu coração chama o seu à todo momento, e eu sei que quando eles se encontrarem será só Eu e Você! E nada vai ser melhor.
Não tenho certeza do que isso vai dar, mas tenho certeza que você é o que eu sempre quis! 
Te amo!
[Rafaela Baracat]

terça-feira, 7 de setembro de 2010

E chegou uma hora que eu aprendi aquela velha história: 'aceitar que quem eu gosto, não me ama da mesma maneira.'

Postado por Rafaela Baracat às 8:26:00 PM 1 .
Quando isso acontece, a tendência é ficar pra baixo, desanimado, chorando, depressivo, e tantos outros sintomas, do tal amor não-correspondido. Não é fácil aceitar que 'amamos sozinho'. Eu sempre me lembro de uma frase que diz mais ou menos isso: não é porque uma pessoa não te ama da maneira que você quer, que ela não te ama.'
O sentimento pode ser diferente, mas essa pessoa tem algum sentimento por nós, mesmo que não seja o que queremos, mas às vezes nos esquecemos disso.

Não é fácil acreditar e aceitar que não somos correspondidos, mas é bom e faz bem pensarmos que essa pessoa tem por nós um carinho especial.
Pode ser que nem sempre a pessoa nos corresponda com amizade também, e esse é o primeiro sinal de que realmente essa pessoa não é quem merecemos.
Me custa entender como é possível a pessoa que amamos não corresponda a esse sentimento. Aí eu me lembro das vezes que eu também não correspondi alguém da mesma maneira.
Seria mais fácil se todos nossos amores nos tivessem correspondido. Mas por um lado, não teríamos aprendido a viver, a dar valor pra quem realmente merece, a aceitar todas as pessoas como são, independente das qualidades ou defeitos.
Cada um de nós sabemos o que sentimos dentro de nós, a dor e a angústia de um amor que não é correspondido.
Mas cabe a nós também virarmos a página e buscarmos algo e alguém melhor. Não aquele alguém que procuramos, mas aquele que espera por nós.







 

A vida em versos. por Rafaela Baracat